porcelanato liquido D NQ NP MLB F
03
set

Porcelanato líquido: o que é e como usar?

Entre as tendências da arquitetura, uma chama bastante atenção: o porcelanato líquido. Apesar do nome, ele em nada se assemelha ao revestimento cerâmico tradicional.

Também conhecido como piso epóxi, este tipo de revestimento aparece com destaque em vários projetos, indo desde casas e apartamentos modernos até ambientes comerciais e corporativos.

Ficou interessado? Continue lendo este post e veja quantas informações bacanas separamos para você!

O que é o porcelanato líquido?

O porcelanato líquido é um piso monolítico que conta com bastante brilho, lembrando o porcelanato tradicional. Apesar de a solução já estar no mercado há muitos anos, foi só agora que começou a ganhar destaque também em projetos internos de residência.

Ao contrário do porcelanato tradicional, o líquido é feito a partir de uma resina uniforme e impermeável que é aplicada sem rejuntes, emendas ou separações. Outra característica é que esse revestimento pode ser empregado diretamente sobre diversos tipos de pisos e superfícies, tornando as reformas muito mais rápidas.

Tipos

Atualmente, existem basicamente três tipos de porcelanatos líquidos: de epóxi, de poliuretano e de uretano.

O epóxi é o mais conhecido e o primeiro tipo de resina a ser desenvolvida. O acabamento deste material é de alta qualidade, impermeabilizante e de fácil higienização (impedindo que contaminantes se infiltrem).

Porém, a resina epóxi tem algumas desvantagens, como a maior chance de trincas, principalmente caso seja aplicada em áreas sensíveis a mudanças climáticas ou ambientes externos, devido ao contato direto com os raios UV.

Já o poliuretano é mais recente e tem uma flexibilidade maior que o anterior, podendo ser aplicado em ambientes externos, pois consegue acompanhar as mudanças climáticas e pode contar com tratamento anti-UV.

Outra vantagem é que essa resina é mais resistente à queda de objetos pesados. Em geral, é mais usado em áreas industriais.

O uretano é derivado do poliuretano e também possui alto desempenho, proteção contra produtos químicos, flexibilidade para o tráfego de materiais pesados e resistência a choques térmicos.

Porém, precisa ser utilizado em locais sem muita incidência de raios UV. A desvantagem é a variedade limitada de cores.

Por que apostar nele?

O porcelanato líquido tem muitas vantagens e não é por acaso que é um dos “queridinhos” de vários arquitetos. Entre elas, podemos destacar:

  • rapidez e facilidade na aplicação, já que pode ser empregado sobre outros tipos de revestimento, reduzindo a sujeira, os detritos e os incômodos;
  • superfície impermeável, o que facilita a limpeza e a manutenção;
  • não possui juntas ou necessidade de rejunte, o que traz uma sensação maior de amplitude aos locais e evita o acúmulo de impurezas;
  • grande possibilidade de personalização, já que é possível escolher entre várias cores e até adicionar outros produtos à resina, como glitter, estampas e ilustrações, além de opções que reproduzem cimento queimado e mármore, entre outras;
  • pode ser usado em diversos ambientes, principalmente graças à sua resistência química, abrasiva e mecânica;
  • não exige grandes cuidados ou manutenções complicadas, sendo necessário apenas sabão neutro e água para a limpeza diária.

Onde pode ser aplicado?

Esse revestimento é extremamente versátil e pode ser aplicado em praticamente qualquer superfície sólida, como ferro, cerâmica, madeira, pedras naturais, concreto, cimento rústico ou liso, etc. 

No caso de ser aplicado sobre pisos já existentes, é importante que a superfície esteja seca, limpa e o trabalho de regularização de rejuntes deve ser feito, para evitar o sombreamento do piso existente.

O porcelanato líquido pode ser utilizado em diversos ambientes internos, como salas, cozinhas, banheiros e quartos, e também em áreas comerciais, como clínicas médicas, escritórios, indústrias, quadras, garagens, etc.

O mais bacana é que você poderá ousar na personalização desse revestimento, criando ambientes totalmente únicos. É possível criar pisos coloridos, brilhantes, acetinados e diferenciados.

Como é feita a aplicação?

O principal cuidado é escolher uma equipe experiente, já que esse tipo de resina exige conhecimento específico para garantir um ótimo resultado. Além disso, é necessário fazer uma preparação da superfície, o que garantirá que a resina será aderida corretamente.

O tempo de cura do produto varia de acordo com a tipologia de resina; por isso, uma mão de obra experiente é fundamental, garantindo que o processo será feito com a agilidade necessária.

Como você viu, o porcelanato líquido não é uma novidade do setor, mas está cada vez mais presente em projetos de residenciais e corporativos, trazendo facilidade, modernidade e alto grau de personalização.

Gostou de saber mais? Deseja usá-lo nos seus próximos projetos? Venha bater um papo conosco e descubra como podemos ajudá-lo!